Home Institucional Produtos e Serviços Estatísticas Newsletter Ferramenta Local MailingNet Fale Conosco
Central de Atendimento: (11) 3341-2800
Login
Senha
Esqueci minha senha
Leitura de conteúdo
Pautas | Porta-Voz | 11/01/2017 18:51:08 | 146 Acessos
Frimesa investe para se tornar a maior referência em carne suína no Brasil
Visualizar imagem
Cooperativa do Paraná investirá R$ 800 milhões na construção do maior frigorífico suíno do país. As obras iniciam em 2017

A estratégia para alavancar o crescimento da Frimesa - uma Cooperativa Central que industrializa carne suína - prevê investimentos de R$ 2,5 bilhões em toda a cadeia produtiva até 2030. O investimento envolve produtores, cooperativas integradas e a própria Central Frimesa. O objetivo é se tornar referência na produção de carne suína no país. Os resultados financeiros da empresa comprovam que o negócio vem driblando a crise econômica. Em 2016, o faturamento da cooperativa deve fechar em R$ 2,51 bilhões, 13% a mais que o mesmo período do ano passado. Já o volume de produção deve superar as 349 mil toneladas, com 5,5% de crescimento.

Para 2017, a expectativa é ainda mais otimista. Espera-se que o faturamento atinja os R$ 3 bilhões, 18% maior do que o período anterior, e que o volume de produção ultrapasse as 375 mil toneladas, o que representa 7,5% de aumento. Os números refletem, principalmente, os investimentos crescentes da companhia em um produto também em ascensão: a carne suína.

Maior Frigorífico Suíno do Brasil
De proteína versátil do dia a dia que tem conquistado os brasileiros à joia gastronômica. A carne suína ganhou leituras sofisticadas na cozinha de grandes restaurantes nas principais capitais brasileiras. A Frimesa enxergou esse potencial e reforçou os investimentos no processo de industrialização e automação da produção, inclusive com o início da robotização, além da distribuição para todas as regiões do país. Hoje, a diversificação dos cortes e comercialização da carne suína é um dos destaques da cooperativa. No ano passado, a produção alcançou 209 mil toneladas e, neste ano, o número deve chegar a 233 mil toneladas.

O ponto alto desse movimento é a construção do maior frigorífico de carne suína do país. Serão 141 mil metros quadrados de área construída em um terreno de 115 hectares, na cidade de Assis Chateaubriand, no Paraná. A primeira etapa será concluída em 2018, gerando 3.5 mil empregos diretos. A finalização do complexo está prevista para 2025 e, até lá, outros dois mil postos de trabalho devem ser abertos. O investimento total será de R$ 800 milhões. "Este projeto potencializará ainda mais a presença e a qualidade da carne suína no mercado brasileiro, incentivando não apenas as cooperativas filiadas à Frimesa, mas o segmento como um todo", afirma José Elias Zydek, diretor-executivo da Frimesa.

Investimento em comunicação
Aliada ao projeto de crescimento, a Frimesa lançou a campanha nacional de comunicação com foco na promoção dos 12 cortes da carne suína da marca. As peças incluem filmes para TV, spots de rádio, materiais de ponto de venda e anúncios em mídias impressa e urbana. No restante do Brasil, a campanha será veiculada a partir de março de 2017.

Na esteira das ações de marketing, a empresa lançou ainda o portal A Carne que o Mundo Prefere (acarnequeomundoprefere.com.br)
, onde o internauta encontra conteúdo exclusivo que vai desde informações sobre cortes e receitas para os fãs da carne suína, até novidades do segmento, dicas e curiosidades reveladas pelos chefs especialistas no assunto. "A carne suína vai muito além do lombo, do pernil e da costela. Nós sabemos o valor desse produto para a culinária brasileira, por isso, investimos pesado no crescimento desse mercado", conclui Zydek.

Sobre a Frimesa
Com quase quatro décadas de existência, a Frimesa Cooperativa Central www.frimesa.com.br, além de suínos, industrializa leite e derivados tem sede na cidade de Medianeira, Paraná. Conta com 6,5 mil colaboradores e, na última década, registrou um crescimento médio de 15% ao ano. Em 2015, as vendas totalizaram R$ 2,23 bilhões, com volume de produção de 331.186 toneladas de alimentos industrializados. Ao todo, a Frimesa reúne 908 suinocultores que envolvem 76.443 matrizes e uma produção de 1.656.994 suínos por ano.
A Frimesa ocupa o quarto lugar entre as produtoras de carne suína no Brasil, com 5% da produção, e é a maior cooperativa do setor no Paraná, com 26,5% do mercado. A cooperativa ainda é conhecida por valorizar e incentivar projetos de sustentabilidade, como o uso de fontes renováveis nas unidades de processamentos industriais, o reaproveitamento de energia para aquecimento de água e programas de orientação das comunidades da região, entre outras ações.

www.frimesa.com.br

Informações para Imprensa:
Porta-Voz Comunicação Estratégica
Juliana Ferreira - juliana.ferreira@portavoz.com.br - R. 15
Ana Paula Lieb - anapaula.lieb@portavoz.com.br - R. 17
Tel.: (11) 3871-3666
www.portavoz.com.br

 

Compartilhar
Sala de imprensa Porta-Voz
Empresa PORTA VOZ ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO
Contato Juliana Ferreira -
E-mail juliana.ferreira@portavoz.com.br Fone (11) 38713666
Editoria (s) Empresas
"A Maxpress publica pautas e notas de clientes a quem cabe toda e qualquer responsabilidade pelas informações nelas contidas, e pelos direitos eventuais de autoria e de imagem."
Não há Conteúdos relacionados.
Não há Tag's relacionadas.
busca avançada
MAXPRESS
MAXETRON
Serviços de Tecnologia
e Informações LTDA
Copyright© 2010 Maxetron.
Todos os direitos reservados.
All rights reserved
Política de Privacidade
Portal Maxpress
Grupos editoriais
Arte e Lazer
Feminino e Masculino
Ciência e Ambiente
Geral
Comunicação
Nacional e Mundo
Economia e Finanças
Saúde
Empresas
Transportes
Esportes
Turismo
Portais
Institucional
Produtos e Serviços
Anúncio de banner
Contato
Fale conosco
MaxPR
Públicos
Imprensa Brasil
Corporativo
Governo Brasil
Imprensa latina
Vip
Ferramentas
Distribuidor
Monitor
Prêmios
Serviços
Mailing avulso
Job
Facilidades
Saídas
Minha conta