Home Institucional Produtos e Serviços Estatísticas Newsletter Fale Conosco
Central de Atendimento: (11) 3341-2800
Login
Senha
Esqueci minha senha
Leitura de conteúdo
Pautas | Fecomercio - SP | 20/01/2011 10:04:07 | 588 Acessos
Alta da Selic de 0,5pp extrai, no mínimo, R$ 3 bilhões do consumo das famílias e investimentos empresariais ao longo do ano, indica a Fecomercio
Além disso, ação do Banco Central eleva em R$ 5 bilhões as despesas públicas com pagamento de juros

A decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) em elevar hoje a Taxa Selic em 0,5 ponto porcentual extrai do consumo das famílias e dos investimentos das empresas brasileiras, no mínimo, cerca de R$ 3 bilhões este ano, segundo cálculos da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (Fecomercio). “A medida é negativa e atrapalha o bom ritmo da atividade econômica do País, ao tornar os financiamentos mais caros, freando o consumo, ao mesmo tempo em que uma fatia importante da renda da população passa a ser transferida ao setor financeiro”, avalia o presidente da Federação, Abram Szajman.

Tão maléfica quanto o impacto sobre o consumo das famílias, a elevação dos juros básicos da economia deteriora, ainda mais, as já deficitárias contas do governo. Para cada ponto de elevação da Selic, aos cofres públicos são onerados em cerca de cerca de R$ 10 bilhões por ano, ou seja, o novo aumento adiciona às despesas públicas cerca de R$ 5 bilhões em pagamento com juros, no montante a ser acumulado até o início de 2012.

A Fecomercio explica que, em 2010, as famílias brasileiras gastaram R$ 128 bilhões em juros e as empresas R$ 105 bilhões. Portanto, o conjunto da sociedade (famílias e empresas), direcionou exorbitantes R$ 233 bilhões (mais de 6% do PIB) para honrar juros em 2010.

Para se ter uma referência, o gasto nacional com juros das famílias é 22% superior ao total do consumo realizado no varejo na Região Metropolitana de São Paulo (RMSP), em 2010, cujo volume faturado foi da ordem de R$ 101 bilhões no período.

Esses recursos deixam, portanto, de ser utilizados para consumo e investimentos, impactando, consequentemente, no emprego e na geração de renda da população, para migrar ao setor financeiro, que hoje se apropria de uma fatia excepcional de recursos do País por conta da estrutura de juros ainda exacerbadamente alta.

Em 2011, o contribuinte brasileiro só vai parar de pagar impostos a partir da segunda quinzena de maio. Ou seja, até 19 ou 20 de maio, o brasileiro trabalhará exclusivamente para pagar tributos. A carga tributária esperada neste ano é de cerca de 38% do Produto Interno Bruto (PIB) e, se somada a carga tributária com o gasto que empresas e famílias têm com juros no Brasil (6% do PIB) , até a metade de junho toda a geração de riqueza do País servirá apenas para honrar a cobrança tributária e de juros, ou 44% do ano, dentro de uma hipótese conservadora usada pela Fecomercio.

Sobre a Fecomercio
A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (Fecomercio) é a principal entidade sindical paulista dos setores de comércio e serviços. Representa empresas e congrega 152 sindicatos patronais, que abrangem cerca de 700 mil companhias e respondem por 11% do PIB paulista – aproximadamente 4% do PIB brasileiro – gerando em torno de cinco milhões de empregos.

Compartilhar
Sala de imprensa Fecomercio - SP
Empresa Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo
Contato Clarisse Ferreira
E-mail clarisse.ferreira@fischer2.com.br Fone (11) 32541752
Editoria (s) Economia, Finanças, Empresas
"A Maxpress publica pautas e notas de clientes a quem cabe toda e qualquer responsabilidade pelas informações nelas contidas, e pelos direitos eventuais de autoria e de imagem."
Não há Conteúdos relacionados.
Não há Tag's relacionadas.
busca avançada
Banner Jornal da Usp
MAXPRESS
MAXETRON
Serviços de Tecnologia
e Informações LTDA
Copyright© 2010 Maxetron.
Todos os direitos reservados.
All rights reserved
Política de Privacidade
Portal Maxpress
Grupos editoriais
Arte e Lazer
Feminino e Masculino
Ciência e Ambiente
Geral
Comunicação
Nacional e Mundo
Economia e Finanças
Saúde
Empresas
Transportes
Esportes
Turismo
Portais
Institucional
Produtos e Serviços
Anúncio de banner
Contato
Fale conosco
MaxPR
Públicos
Imprensa Brasil
Corporativo
Governo Brasil
Imprensa latina
Vip
Ferramentas
Distribuidor
Monitor
Prêmios
Serviços
Mailing avulso
Job
Facilidades
Saídas
Minha conta