Home Institucional Produtos e Serviços Estatísticas Newsletter Fale Conosco
Central de Atendimento: (11) 3341-2800
Login
Senha
Esqueci minha senha
Leitura de conteúdo
Pautas | CDN São Paulo | 01/03/2011 11:52:04 | 850 Acessos
Alguns medicamentos para emagrecer podem desencadear Hipertensão Arterial Pulmonar
Uso prolongado de inibidores de apetite pode provocar este problema que costuma atingir mulheres entre 20 e 40 anos

Num país com mais de oito mil quilômetros de praias, como o Brasil, o número de pessoas que fazem regime e usam medicamentos para emagrecer é elevado. Mesmo com orientação médica, inibidores de apetite podem causar um problema difícil de ser previsto, graças aos efeitos de sua ação sobre o coração e pulmões: a Hipertensão Arterial Pulmonar (HAP). Estas relações começaram a ser notadas já nos anos 1960, quando uma epidemia da doença ocorreu na Europa, logo após a liberação do uso destes medicamentos no continente.

“Alguns mecanismos de ação dos remédios para emagrecer, como os efeitos de contração das veias e artérias do coração contribuem para um remodelamento dos vasos pulmonares, o que pode propiciar o desenvolvimento da HAP”, explica a cardiologista pediátrica Cyanna Ravetti. “Estes medicamentos atuam sobre neurotransmissores como a serotonina e dopamina que dentre outros efeitos físicos podem ocasionar um efeito que chamamos de vasoconstrição”, detalha.

Uma pessoa predisposta a desenvolver a HAP pode apresentar o problema de uma hora para outra durante uma dieta com inibidores de apetite. “Importante frisar que não é o regime, mas sim o uso de medicações que expõem o paciente a um risco relativo maior. Existem estudos que demonstraram que alguns medicamentos para emagrecer tiveram associação preferencial com HAP, sendo mais forte essa associação com o uso prolongado”, ressalta Cyanna. Desde 1996 estudos científicos comprovam que uso por mais de três meses destes medicamentos podem desencadear a doença.

“De modo geral os inibidores de apetite levam a um desenvolvimento acentuado da musculatura vascular levando ao aumento do ventrículo direito do coração, o que pode ser um gatilho para quem está propenso à doença e um agravante dos sintomas para os portadores da HAP”, explica.

Para evitar possíveis problemas, sempre que uma pessoa desejar realizar uma dieta, o indicado é que ela procure um médico que a oriente. Associações de medicamentos para emagrecer não recomendadas por especialistas podem aumentar muito o risco do paciente desenvolver HAP.

Hoje, estima-se que 10% dos pacientes portadores de Hipertensão Arterial Pulmonar no mundo sejam de causa familiar. “O ideal é ser preventivo: se houver casos de HAP na família a atenção deve ficar redobrada. É importante que todos os parentes de primeiro grau sejam investigados (irmãos, pais e filhos) para diagnosticar a doença, por meio de um ecocardiograma quando um novo caso é descoberto”, alerta a médica.

Apesar de não haver cura para a HAP, existem tratamentos que aumentam qualidade de vida dos seus portadores. Um deles é feito por meio do medicamento Revatio (citrato de sildenafila), que age como dilatador das artérias pulmonares, ocasionando uma sensação de fôlego extra ao pacientes, aliviando os sintomas comumente observados como de falta de ar, cansaço frequente e dores no peito.
______________________________________________________________________
Pfizer
Considerada uma das empresas mais diversificadas do setor farmacêutico, a Pfizer descobre, desenvolve, fabrica e comercializa medicamentos de prescrição e de consumo para Saúde Humana e Animal. A companhia oferece opções terapêuticas para uma variedade de doenças em todas as etapas da vida, com um portfólio que engloba desde vitaminas para gestantes e vacinas para bebês, até medicamentos para doenças complexas, como dor, câncer, tabagismo, infecções e doença de Alzheimer. Entre seus produtos, destacam-se Lípitor, Enbrel, Viagra, Sutent, Lyrica, Champix, Eranz, Centrum, Pristiq, Zyvox, Advil e a vacina Prevenar. Fundada em 1849 e instalada no Brasil desde 1952, a Pfizer é a indústria que mais investe em pesquisa e desenvolvimento de novos medicamentos, a partir de parcerias com profissionais de saúde, hospitais, governos e comunidades em todo o mundo. A companhia também mantém e acompanha projetos sociais voltados para educação e saúde no país.
 

Compartilhar
Sala de imprensa CDN São Paulo
Empresa CDN COMUNICAÇÃO CORPORATIVA LTDA
Contato Marisa Franco
E-mail marisa.franco@cdn.com.br Fone (11) 36432907
Editoria (s) Medicina, Saúde
"A Maxpress publica pautas e notas de clientes a quem cabe toda e qualquer responsabilidade pelas informações nelas contidas, e pelos direitos eventuais de autoria e de imagem."
PROMOVE CÂNCER LANÇA Guia RADIOLOGIA MIL
INAUGURA ARTERIAL BLITZ CORES HIPERTENSÃO MEDICINA
OPERAR SALTO EMAGRECER CURSO CIRURGIAS BRASIL
ÁREA RUMO REDE DROGAL DIAGNÓSTICO AMÉRICA
PREVENÇÃO MAIO SAÚDE ORIENTA TECNOLOGIA LATINA
IMPORTÂNCIA ALERTA ABRIL Gestacional APRIMORAR PAULO
SIMPÓSIO ESPECIALIZAÇÃO ALIMENTOS distonia USP demências
ALIADO COMBATE TERCEIRA CRESCENTE REALIZARAM robóticas
ATIVO PRECISO GRATUITA ESPECIALISTAS NACIONAL ENVELHECIMENTO
FILIAL VACINAÇÃO ON-LINE NECESSIDADE DIA EVENTO
NUTRIÇÃO III VARIZES REALIZADO
busca avançada
Banner Jornal da Usp
MAXPRESS
MAXETRON
Serviços de Tecnologia
e Informações LTDA
Copyright© 2010 Maxetron.
Todos os direitos reservados.
All rights reserved
Política de Privacidade
Portal Maxpress
Grupos editoriais
Arte e Lazer
Feminino e Masculino
Ciência e Ambiente
Geral
Comunicação
Nacional e Mundo
Economia e Finanças
Saúde
Empresas
Transportes
Esportes
Turismo
Portais
Institucional
Produtos e Serviços
Anúncio de banner
Contato
Fale conosco
MaxPR
Públicos
Imprensa Brasil
Corporativo
Governo Brasil
Imprensa latina
Vip
Ferramentas
Distribuidor
Monitor
Prêmios
Serviços
Mailing avulso
Job
Facilidades
Saídas
Minha conta