Home Institucional Produtos e Serviços Estatísticas Newsletter Fale Conosco
Central de Atendimento: (11) 3341-2800
Login
Senha
Esqueci minha senha
Leitura de conteúdo
Pautas | TV Cultura | 29/08/2011 16:33:04 | 121 Acessos
"[O Brasil] é um país que não foi planejado para receber pessoas com deficiência", critica Mara Gabrilli no Provocações
Tetraplégica após um acidente de carro, a hoje deputada federal fala na edição desta terça-feira (30/8) sobre falta de infra-estrutura especializada no país, ativismo e sexualidade

Do acidente de carro que a fez ficar tetraplégica, há 17 anos, pra cá, Mara Gabrilli foi secretária municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida, vereadora e premiada como um dos “100 brasileiros mais influentes em 2008”. Hoje, é colunista, deputada federal e fundadora do “Instituto Mara Gabrilli”. Em todas as funções, anteriores e atuais, só foca uma coisa: lutar por melhores condições de acessibilidade para os deficientes físicos. É sobre este tema, e outros conectados a ele, que a também psicóloga e publicitária conversa com Antônio Abujamra no Provocações desta terça-feira (30/8). Vai ao ar às 23h15, na TV Cultura.

“[O Brasil] é um país que não foi planejado para receber pessoas com deficiência, para receber idosos, para receber obesos, para receber qualquer tipo de pessoa que fuja daquele padrão normal”, atira Mara Gabrilli, estendendo a outros públicos a carência de políticas de acessibilidade.

Para provar a constatação, comenta algumas estatísticas. Dentre elas, enaltece um ponto fundamental: “uma grande falha hoje nas cidades brasileiras é a condição das calçadas. A legislação nunca funcionou aqui no Brasil, em todos os lugares, tanto que as calçadas são horríveis, e a lei está lá, é muito boa [...] Só precisa ser cumprida”.

Em paralelo, se mostra otimista com o trabalho na Câmara. “Eu sou oposição, PSDB, e várias emendas que eu fiz nesses seis meses foram absorvidas em projetos do PT”, demonstrando que acessibilidade, hoje, é um assunto apartidário e recorrente.

Mas não é só de política que a deputada vem falar no programa. Dentre outros assuntos, comenta sobre o ensaio fotográfico sensual que realizou para a Revista Trip, em 2000, e a sua relação com o seu corpo após o acidente. “Acho que em 17 anos de acidente, ela [a relação] nunca esteve melhor [...] Ninguém perde sensualidade, ninguém perde a sexualidade porque quebra o pescoço. Pelo contrário”, conclui.

Compartilhar
Sala de imprensa TV Cultura
Empresa FUNDAÇÃO PADRE ANCHIETA CENTRO PAULISTA RÁDIO E TV EDUCATIVA
Contato Alexani Barbosa
E-mail alebarbosa@tvcultura.com.br Fone (11) 21823282
Editoria (s) TV e Rádio, Variedades
"A Maxpress publica pautas e notas de clientes a quem cabe toda e qualquer responsabilidade pelas informações nelas contidas, e pelos direitos eventuais de autoria e de imagem."
Não há Conteúdos relacionados.
Não há Tag's relacionadas.
busca avançada
Banner Jornal da Usp
MAXPRESS
MAXETRON
Serviços de Tecnologia
e Informações LTDA
Copyright© 2010 Maxetron.
Todos os direitos reservados.
All rights reserved
Política de Privacidade
Portal Maxpress
Grupos editoriais
Arte e Lazer
Feminino e Masculino
Ciência e Ambiente
Geral
Comunicação
Nacional e Mundo
Economia e Finanças
Saúde
Empresas
Transportes
Esportes
Turismo
Portais
Institucional
Produtos e Serviços
Anúncio de banner
Contato
Fale conosco
MaxPR
Públicos
Imprensa Brasil
Corporativo
Governo Brasil
Imprensa latina
Vip
Ferramentas
Distribuidor
Monitor
Prêmios
Serviços
Mailing avulso
Job
Facilidades
Saídas
Minha conta