Home Institucional Produtos e Serviços Estatísticas Newsletter Fale Conosco
Central de Atendimento: (11) 3341-2800
Login
Senha
Esqueci minha senha
Leitura de conteúdo
Pautas | Acontece Comunicação e Notícias | 28/01/2016 11:28:13 | 857 Acessos
Sociedade Brasileira Para o Estudo de Dor tem nova diretoria

Voltada a compreender as estruturas das diferentes formas de dor e as melhores terapêuticas disponíveis para tratá-las, a Sociedade Brasileira Para o Estudo da Dor (SBED) possui forte atuação no âmbito da pesquisa científica. Agora, prepara-se para dar as boas-vindas à nova diretoria para o biênio 2016-2017, em 30 de janeiro.

A cerimônia solene de posse acontecerá no Hotel Gran Mercure, às 19h30, e apresentará os responsáveis pela próxima gestão, presidida por Irimar de Paula Posso. Confira agora uma entrevista com Posso, que adianta os principais objetivos para os próximos anos, sobretudo em educação continuada e defesa profissional.

A SBED é uma entidade plural, sendo composta por diversos profissionais da saúde. Que especialistas que compõem a Sociedade?
O objetivo da Sociedade é estudar a terapêutica da dor, conhecendo-a a fundo. A SBED é multiprofissional – fato que pode ser comprovado por meio de nossa diretoria, composta por médicos, dentista, fisioterapeuta e psicóloga; em gestões anteriores contamos com biomédicos e enfermeiros. Dentro da medicina, temos sócios de diversas especialidades, como anestesistas, neurocirurgiões, neurologias, ortopedistas, reumatologistas entre outras. Além disso, fazemos questão de agrupar profissionais de saúde que lidam diretamente com a dor, inclusive farmacêuticos que desejam compreender melhor os fundamentos deste problema.

Quais são os objetivos dessa nova gestão?
Atuaremos sob três pilares. O primeiro deles, nosso grande foco, é tornar a sociedade mais conhecida nas mais variadas áreas de atuação, bem como do grande público; até mesmo das instituições públicas e governo, trabalhando em prol de uma política eficaz para o tratamento da dor no país. Desejamos atuar a fim de levar à população informação de qualidade e direcioná-la a centros, públicos e privados, capacitados para tratar este incômodo. O segundo aspecto refere-se à prescrição de medicamentos controlados que necessitam do receituário amarelo: para conseguir este, o médico deve enfrentar extenso processo burocrático, recorrendo à Vigilância Sanitária e atentar-se às diferentes regras em cada município. Por fim, queremos atrair novos associados, aumentando nosso contingente – desta forma, por meio de nossas atividades, trabalharemos par a qualificação profissional dos sócios.

A educação continuada é fundamental para a qualificação profissional dos sócios. Como este ponto será desenvolvido?
Desenvolveremos cursos e workshops com assuntos gerais e específicos a diversas especialidades na área da saúde. Já temos a Revista e o Jornal Dor, porém, aspiramos promover mais aulas que incitem o associado à discussão e aprimoramento de seu conhecimento prático e teórico. Planejamos realizá-los à distância e presencial, em todo o Brasil. Para tanto, precisamos de apoio da indústria farmacêutica e do governo.

A Sociedade Brasileira Para o Estudo da Dor possui programa para defesa profissional?
Somos multiprofissionais, portanto, não temos esta política como principal foco, pois outras entidades, de caráter mais específico já atuam nesse campo. No entanto, para a próxima gestão, planejamos melhorar este cenário, unindo-nos com instituições de forte atuação na área. Com isso, desejamos trabalhar para uma melhor tabela de procedimentos, com maior abrangência de medicamentos e intervenções. Atualmente realizam-se muitas intervenções invasivas e minimamente invasivas como, por exemplo, o tratamento com bloqueios para tratar a dor do câncer, a dor de doenças degenerativas de coluna como a hérnia de disco. Porém, muito pode ser feito com medidas não invasivas que, muitas vezes, não são cobertas pelos planos de saúde. Queremos melhorar isto a fim de proporcionar diagnóstico e tratamento adequado aos pacientes.

Este ano é o Ano Internacional da Dor Articular. Como será a participação da SBED na campanha?
Logo após o carnaval, trabalharemos fortemente a campanha do Ano Mundial Contra a Dor Articular, lançada pela Associação Internacional para o Estudo da Dor com apoio integral da SBED. O objetivo é chamar a atenção para uma ampla variedade de doenças e condições que afetam milhões de pessoas em todo o mundo. A ação de sensibilização pública centra-se na educação para os profissionais de saúde e líderes do governo. Em todo o mundo, a prevalência de dor nas articulações é extensa e os efeitos são debilitantes. Uniremos forças com sociedades de ortopedia, reumatologia e fisioterapia para iniciativas de conscientização do problema, explicando seu diagnóstico, tratamento e prognóstico. A dor articular acomete muitas pessoas que possuem doenças de base como artrite e artrose, assim como em decorrência do excesso de exercício físico sem supervisão. Estamos presenciando um aumento deste problema e, por isso, queremos instruir a população sobre como preservar as articulações e, também, o que fazer quando a dor se manifestar.

Confira a composição da Diretoria eleita da SBED:

Irimar de Paula Posso (SP) – Presidente
Eduardo Grossman (RS) – Vice-Presidente
Juliana Barcellos de Souza (SC) – Secretária
José Oswaldo de Oliveira Jr. (SP) – Tesoureiro
Dirce Maria Navas Perissinotti (SP) – Diretor Administrativo
Paulo Renato Barreiros da Fonseca (RJ) – Diretor Científico

Acontece Comunicação e Notícias
Chico Damaso, Giulianna Muneratto, Karina Morais, Júlia Arneiro
(11) 3873-6083 / 3871-2331
acontece@acontecenoticias.com.br

Compartilhar
Sala de imprensa Acontece Comunicação e Notícias
Empresa FRANCISCO DAMASO VASCONCELOS NETO PUBLIC
Contato Chico Damaso
E-mail chicoacontece@uol.com.br Fone (11) 36757683
Editoria (s) Saúde
"A Maxpress publica pautas e notas de clientes a quem cabe toda e qualquer responsabilidade pelas informações nelas contidas, e pelos direitos eventuais de autoria e de imagem."
Vinicius SHAMPOO SINTOMAS PREOCUPA CHEGA TEMÁTICO
PROMOVE LBV FORTALECER PACIENTE MUNDIAL ALTA
ASSUME EPIDEMIA CÂNCER DERMATOLOGISTAS AÇÃO Abradilan
MESES REDUZIR ANDRADE TEMPO CONGRESSO calmante
REDUZ TÉCNICAS DIAGNÓSTICO CIÊNCIA CÉREBRO Mente"
HOSPITAL ASSOCIADOS ALONGAMENTO ILUMINA APRESENTA permeabilidade
ESPÍRITO QUALIFICAR CABELUDO FÓRUM UNHAS "Investigando
META COURO ALERGIA PSORÍASE HORAS
busca avançada
Banner Jornal da Usp
MAXPRESS
MAXETRON
Serviços de Tecnologia
e Informações LTDA
Copyright© 2010 Maxetron.
Todos os direitos reservados.
All rights reserved
Política de Privacidade
Portal Maxpress
Grupos editoriais
Arte e Lazer
Feminino e Masculino
Ciência e Ambiente
Geral
Comunicação
Nacional e Mundo
Economia e Finanças
Saúde
Empresas
Transportes
Esportes
Turismo
Portais
Institucional
Produtos e Serviços
Anúncio de banner
Contato
Fale conosco
MaxPR
Públicos
Imprensa Brasil
Corporativo
Governo Brasil
Imprensa latina
Vip
Ferramentas
Distribuidor
Monitor
Prêmios
Serviços
Mailing avulso
Job
Facilidades
Saídas
Minha conta