Home Institucional Produtos e Serviços Estatísticas Newsletter Fale Conosco
Central de Atendimento: (11) 3341-2800
Login
Senha
Esqueci minha senha
Leitura de conteúdo
Pautas | inFATO Comunicação | 25/04/2017 14:36:13 | 1588 Acessos
Mitos e verdades sobre infecções respiratórias
Visualizar imagem

 A chegada das temperaturas mais frias aumenta a frequência de infecções virais respiratórias, especialmente nas crianças. Quem fala sobre mitos e verdades é a pediatra Ana Laura Kawasaka, do Saúde4Kids. A médica lista algumas dúvidas frequentes e orienta:

Friagem causa gripe?
Quem nunca ouviu: "Menino, se agasalha pra não pegar resfriado"? ou "Não pisa nesse chão gelado que vai ficar doente"! Mas será que é o frio que desencadeia a infecção? Na verdade, não. Gripes e resfriados são causados por vírus e não pelo frio. Estudos demonstraram que pessoas expostas a vírus, independente da exposição ou não ao frio, adoecem igualmente.

No passado, quando esses microorganismos ainda não eram conhecidos, as pessoas observavam que havia mais doenças no outono e no inverno e, com isso, acreditavam que eram a causa das doenças. Hoje sabemos que os vírus têm maior circulação neste período e que o frio leva as pessoas a se aglomerarem mais em lugares fechados, facilitando a disseminação de doenças. Além disso, o tempo seco, o ar frio e roupas guardadas no armário podem desencadear processos alérgicos que simulam infecções respiratórias.

Crianças que frequentam escola ficam mais doentes?
Sim, é verdade. São dois os motivos: a imaturidade do sistema imunológico e o contato próximo com outros adultos e crianças. Por vezes, a sensação é de que a criança está eternamente doente e que não melhorou, mas, na verdade, ela pega uma infecção atrás da outra e fica difícil delimitar os períodos de melhora e piora.

Crianças alérgicas tem mais infecção?
O tempo seco, o ar frio e roupas guardadas no armário podem desencadear processos alérgicos que simulam infecções respiratórias. É importante lembrar-se de lavar casacos e cobertores guardados no armário durante o verão, pois o acúmulo de poeira pode ser um grande vilão.

Que medidas são efetivas para evitar que a criança tenha infecções?
-Lavar as mãos frequentemente! Antes de comer, depois de usar o banheiro, depois de tossir ou espirrar, quando chegar da escola ou após brincar. Na presença de um adulto ou se a criança for maior, é possível usar álcool gel na higienização das mãos.
-Evitar ficar tocando partes do rosto, como boca, olhos e nariz.
-Cobrir tosses e espirros com lenços ou com o antebraço e não com as mãos.
-Evitar contato com pessoas doentes.
-Manter hábitos saudáveis: dormir bem, beber bastante água, comer verduras, legumes e frutas e praticar atividades físicas.
-Não compartilhar itens pessoais como escovas de dente, talheres e copos.
-Amamentação.
-Vacinação contra a gripe. São vários os vírus que causam resfriado ou gripe, mas para o influenza é possível a prevenção através da vacina.
-Escolher escolas com menos alunos por turma e bem ventiladas.
-Não expor crianças a fumaça de cigarro. Os filhos de fumantes adoecem duas vezes mais.
-Levar a criança ao pediatra periodicamente, mesmo que esteja bem. Ter um pediatra de confiança para recorrer em caso de dúvida é essencial, pois evita idas frequentes a prontos-socorros e uso desnecessário de antibióticos.

O que fazer quando a criança está com alguma doença respiratória?
Tanto para resfriados e gripes quando para bronquiolites, existem duas medidas muito importantes: lavagem nasal e inalação com soro fisiológico. Elas podem ser feitas várias vezes ao dia e são muito efetivas. Siga sempre as orientações do pediatra da criança! Veja no link o vídeo com orientações para a lavagem nasal (https://youtu.be/fotaxssg20I)

E os passeios e brincadeiras? É melhor não sair nessa época?
Não é necessário mudar a rotina da criança. Dê preferência a passeios em lugares abertos, mas não é necessário proibir lugares fechados, apenas ter mais cuidado. Lembre-se que esse contato da criança com infecções é que vai ajudar a amadurecer seu sistema imune, sem contar os benefícios para o desenvolvimento cognitivo e social. Portanto, deixe a criança brincar!

O Saúde4Kids

O Saúde4Kids é um portal com informações direcionadas especialmente a mamães e papais ou responsáveis pelos cuidados com as crianças nos mais variados aspectos, desde a fase bebê até a adolescência.

Foi criado em 2015 pelas médicas e pediatras Fernanda Viana, Rafaela Gato Calmon e Ana Laura Kawasaka para compartilhar conhecimentos técnicos e experiências pessoais, a fim de orientar toda a família sobre cuidados com a saúde, bem-estar e comportamento da criançada.

Nele, as profissionais abordam, de maneira espontânea e com linguagem didática, desde assuntos obrigatórios como a vacinação das crianças, até dicas alimentares, tratativas comportamentais, sugestões de lugares para passeios etc.
O Portal Saúde4Kids também está no Instagram, Facebook e Youtube.

As Pediatras

Dra. Ana Laura Kawasaka é médica formada pela Universidade Estadual Paulista –UNESP-; pediatra pela Universidade de São Paulo –USP-; cardiologista infantil pelo Incor-Universidade de São Paulo; com títulos de especialista em pediatria pela Sociedade Brasileira de Pediatria e, em cardiologia infantil, pela Sociedade Brasileira de Cardiologia. Além de mamãe da Clara.
Dra. Fernanda Viana é médica formada pela Universidade Estadual de Campinas –UNICAMP-; pediatra pela Universidade de São Paulo –USP-; cardiologista infantil pelo Incor-Universidade de São Paulo. Além de ser especialista em pediatria com título pela Sociedade Brasileira de Pediatria e, em cardiologia infantil, pela Sociedade Brasileira de Cardiologia.
Dra. Rafaella Gato Calmon é médica pela Universidade Federal do Pará –UFPA-; pediatra pelo Hospital Infantil Darcy Vargas, cardiologista infantil pelo Incor-Universidade de São Paulo; com títulos de especialista em pediatria pela Sociedade Brasileira de Pediatria e, em cardiologia infantil, pela Sociedade Brasileira de Cardiologia. Também é mamãe dos gêmeos Bárbara e Rafael.

Informações à imprensa:
Leila Peres - leila@infato.com.br
Katia Marchena – katiahmarchena@yahoo.com.br
Tel. 11 3392-5542 - 97151-1807 - 99638-9006

Compartilhar
Sala de imprensa inFATO Comunicação
Empresa inFATO Comunicação
Contato Leila Peres
E-mail leila@infato.com.br Fone (11) 33925542
Editoria (s) Infantil, Saúde
"A Maxpress publica pautas e notas de clientes a quem cabe toda e qualquer responsabilidade pelas informações nelas contidas, e pelos direitos eventuais de autoria e de imagem."
Não há Conteúdos relacionados.
GENÉRICOS TRIMESTRE REÚNE EMOCIONAL CASA VII
VENDA FAVORECEM FÍSICOS SOLTOS CRESCE FALAR
PROL REALIZAÇÃO CIRURGIAS PELE EVENTO Abradilan
BENEFICENTE AGOSTO EXERCÍCIOS FRIAS MATHEUS SBD
ROUPAS ESTAÇÕES PROFISSIONAIS PRÊMIO IMPRENSA suadas
CAUSAR MEDICAMENTOS INSCRIÇÕES CABELOS ESPAÇO 'acne
PLÁSTICAS CAMPOS SAÚDE EQUILÍBRIO FOCO mecânica'
ONG
busca avançada
Banner Jornal da Usp
MAXPRESS
MAXETRON
Serviços de Tecnologia
e Informações LTDA
Copyright© 2010 Maxetron.
Todos os direitos reservados.
All rights reserved
Política de Privacidade
Portal Maxpress
Grupos editoriais
Arte e Lazer
Feminino e Masculino
Ciência e Ambiente
Geral
Comunicação
Nacional e Mundo
Economia e Finanças
Saúde
Empresas
Transportes
Esportes
Turismo
Portais
Institucional
Produtos e Serviços
Anúncio de banner
Contato
Fale conosco
MaxPR
Públicos
Imprensa Brasil
Corporativo
Governo Brasil
Imprensa latina
Vip
Ferramentas
Distribuidor
Monitor
Prêmios
Serviços
Mailing avulso
Job
Facilidades
Saídas
Minha conta