Home Institucional Produtos e Serviços Estatísticas Newsletter Fale Conosco
Central de Atendimento: (11) 3341-2800
Login
Senha
Esqueci minha senha
Leitura de conteúdo
Pautas | Holding Comunicações | 08/11/2018 10:59:18 | 110 Acessos
Total Sculptor oferece mais rapidez para diminuir medidas e tratar flacidez

Procedimento com resultado em uma sessão, Total Sculptor é a única plataforma corporal do mundo a associar criolipólise, ultrassom inovador focado em gordura, corrente de estímulo muscular, além da radiofrequência multipolar (para flacidez) e criofrequência (para gordura).

Chega ao mercado Total Sculptor, uma nova plataforma de tratamento corporal que oferece maior rapidez nos resultados de diminuição de medidas, definição do contorno corporal e enrijecimento da pele. Isso acontece porque o equipamento é o único do mundo a associar criolipólise, ultrassom macrofocado, corrente de estímulo muscular, radiofrequência multipolar e criofrequência para tratar de forma efetiva a gordura localizada, promover remodelação corporal e definir o músculo. “Essa associação de tecnologias em uma mesma máquina é exclusiva e pode ser associada em uma mesma sessão. O trunfo do procedimento é associar duas tecnologias padrão ouro no tratamento de gordura: a criolipólise e o ultrassom macrofocado. E o mais brilhante é que, durante o tratamento de gordura, também há estímulo do músculo”, comenta o dermatologista Dr. Abdo Salomão Jr., membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia.


O equipamento dispõe de duas ponteiras de criolipólise que tratam ao mesmo tempo duas áreas do corpo e fazem um congelamento tridimensional. “A criolipólise é um método não invasivo que elimina as células de gordura através do frio, com segurança. A aplicação em baixa temperatura promove a redução da área pela destruição seletiva das células de gordura por congelamento”, explica. No mesmo momento em que é feita a criolipólise, a corrente de estímulo muscular começa a agir: “É uma tecnologia que faz a paciente ‘malhar’ de forma passiva. Enquanto a paciente está parada, o equipamento começa a contrair e soltar o músculo várias vezes até fazer a definição da área muscular.” Essa tecnologia já existe há algum tempo, segundo o dermatologista, mas é a primeira vez que é associada à criolipólise no momento do procedimento.
Logo após à criolipólise, entra em cena uma das tecnologias mais comentadas dos últimos congressos de Dermatologia: o ultrassom macrofocado para gordura, que “derrete” a célula de gordura condensada pelo frio. “Ele vibra intensamente o ponto e destrói a gordura no momento da aplicação. Trata-se do mesmo ultrassom que foi feito para quebrar pedras nos rins, mas nesse caso ele está focado para queimar gordura e potencializar ainda mais o resultado da criolipólise”, explica o dermatologista.
Segundo o médico, a técnica dói só no início do procedimento. “Essa criolipólise é mais potente, já que tem vácuo mais intenso e área de congelamento maior. O ultrassom não dói porque vem logo depois da criolipólise e a gordura e os nervos estão congelados”, garante. Não há cuidados especiais pós-tratamento e nem downtime: “Após o procedimento, o paciente pode voltar normalmente para suas atividades normais.”


Uma sessão é necessária para atingir os resultados. “A perda de gordura é muito maior do que todos os métodos não invasivos que vieram até então. Primeiro porque tem a criolipólise, segundo porque a gordura congelada vai ser quebrada na hora e terceiro porque melhora a musculatura”, explica o dermatologista. O procedimento é seguro e não há risco de trombose segundo estudos da empresa: “essa gordura é metabolizada e boa parte (lipossolúvel) sai pela bile enquanto a parte hidrossolúvel sai pela urina”, assegura. Os resultados são visíveis logo após a primeira semana e a perda máxima é depois de três meses. Como dispõe de radiofrequência multipolar, há ainda a possibilidade de aquecer a pele para promover o colágeno e enrijecer.
Contraindicações — Grávidas, pessoas com intolerância ao frio, pacientes que não podem fazer radiofrequência ou que têm marcapasso cardíaco não podem fazer o procedimento.


Fonte: A LMG - Laser Medical Group é uma empresa experiente e transparente que atua e conhece o mercado nacional e tem, como objetivo, trazer soluções inovadoras à classe médica. Este segmento foi escolhido porque o sucesso no resultado dos tratamentos com os pacientes é o reflexo dos anos de estudo, comprometimento e respeito pela saúde. Portanto, trata-se de uma empresa realmente comprometida com esta classe, que trabalha constantemente para aumentar o escopo de tratamentos já realizados e melhorar a desempenho dos já existentes. www.lmglasers.com.br

Compartilhar
Sala de imprensa Holding Comunicações
Empresa HOLDING COMUNICAÇÕES
Contato Maria Claudia
E-mail maria.claudia@holdingcomunicacoes.com.br Fone (11) 20617919
Editoria (s) Beleza
"A Maxpress publica pautas e notas de clientes a quem cabe toda e qualquer responsabilidade pelas informações nelas contidas, e pelos direitos eventuais de autoria e de imagem."
Não há Conteúdos relacionados.
ROSE MOSCATEL NOVIDADE VERÃO Georges Aubert
busca avançada
Banner Jornal da Usp
MAXPRESS
MAXETRON
Serviços de Tecnologia
e Informações LTDA
Copyright© 2010 Maxetron.
Todos os direitos reservados.
All rights reserved
Política de Privacidade
Portal Maxpress
Grupos editoriais
Arte e Lazer
Feminino e Masculino
Ciência e Ambiente
Geral
Comunicação
Nacional e Mundo
Economia e Finanças
Saúde
Empresas
Transportes
Esportes
Turismo
Portais
Institucional
Produtos e Serviços
Anúncio de banner
Contato
Fale conosco
MaxPR
Públicos
Imprensa Brasil
Corporativo
Governo Brasil
Imprensa latina
Vip
Ferramentas
Distribuidor
Monitor
Prêmios
Serviços
Mailing avulso
Job
Facilidades
Saídas
Minha conta