Home Institucional Produtos e Serviços Estatísticas Newsletter Fale Conosco
Central de Atendimento: (11) 3341-2800
Login
Senha
Esqueci minha senha
Leitura de conteúdo
Pautas | PG1 | 15/03/2019 10:06:26 | 84 Acessos
Instabilidade do WhatsApp, Instagram e Facebook: 3 fatos importantes

Durante a tarde e a noite de ontem (13), os serviços que pertencem ao Facebook: WhatsApp, Instagram e Facebook sofreram instabilidade em todo o mundo. Apesar de já terem voltado ao normal para todos os usuários, a empresa não se manifestou sobre o que pode ter causado o problema, apenas mencionou, através do Twitter, que estavam tentando resolver tudo o mais rápido possível. Essa foi a instabilidade mais longa de toda a história do Facebook.


Alguns usuários não conseguiam nem fazer login nas redes sociais, alguns não conseguiam publicar fotos e vídeos, nem enviar áudios e imagens no WhatsApp, alguns conseguiam navegar assistindo a aquilo que já havia sido carregado.
Toda essa instabilidade chama a atenção por alguns detalhes:
· Como todo bom assunto viral na internet, surgiram as fake news. Começaram a espalhar a informação de que os aplicativos foram bloqueados para impedir a propagação de fotos, vídeos e áudios da tragédia de Suzano (SP), e que ficariam fora do ar por tempo indeterminado. O fato é que a instabilidade aconteceu no mundo todo, portanto não teve nada a ver com a ocorrência no interior de São Paulo.


· O comportamento do consumidor mudou MUITO. O brasileiro é o terceiro no ranking mundial de quem passa mais tempo na internet, passando em média 9 horas por dia. Já nas redes sociais são quase quatro horas todos os dias. Por isso os usuários ficam tão desesperados quando as redes sociais sofrem alguma instabilidade. Se o WhatsApp tivesse paralisado 100% as atividades, imagina o transtorno social que causaria.
· Mais de 96% das empresas estão presentes nas redes sociais, e uma pesquisa mostra que 59% das microempresas não têm site. Muitas empresas ficaram desesperadas por não conseguir publicar conteúdos. O mesmo aconteceu em fevereiro quando o Instagram sofreu uma instabilidade e sumiram seguidores de diversas contas. O ideal para uma empresa é nunca ficar refém de um canal de comunicação só, e se for, escolha o site como principal ferramenta digital. Afinal um site está no controle do administrador, e dificilmente o serviço de hospedagem sofrerá instabilidades como sofrem as redes sociais.
Autora: Maria Carolina Avis é professora do Centro Universitário Internacional Uninter e especialista em Marketing Digital.

MAIS INFORMAÇÕES
Assessoria de imprensa da Uninter
Lorena Oliva Ramos
lorena@pg1com.com
41 3018 3377
41 99986 1556
www.pg1com.com

Compartilhar
Sala de imprensa PG1
Empresa PG1 SERVIÇOS DE IMAGEM EMPRESARIAL LTDA
Contato Lorena Oliva
E-mail lorena@pg1com.com Fone (41) 30183377
Editoria (s) Propaganda/Mkt/Comunicação
"A Maxpress publica pautas e notas de clientes a quem cabe toda e qualquer responsabilidade pelas informações nelas contidas, e pelos direitos eventuais de autoria e de imagem."
Não há Conteúdos relacionados.
VER EMBAIXADORA GARCIA PALESTRA MULHERES NEGÓCIOS
MINISTRA ISABELA SAMSUNG ENCONTRO ATENDIMENTO BETCHavas
CONVIDA RAY CRIATIVIDADE GRUPO CAMPANHA Erh
PRESSÃO CONSUMIDOR TV
busca avançada
Banner Jornal da Usp
MAXPRESS
MAXETRON
Serviços de Tecnologia
e Informações LTDA
Copyright© 2010 Maxetron.
Todos os direitos reservados.
All rights reserved
Política de Privacidade
Portal Maxpress
Grupos editoriais
Arte e Lazer
Feminino e Masculino
Ciência e Ambiente
Geral
Comunicação
Nacional e Mundo
Economia e Finanças
Saúde
Empresas
Transportes
Esportes
Turismo
Portais
Institucional
Produtos e Serviços
Anúncio de banner
Contato
Fale conosco
MaxPR
Públicos
Imprensa Brasil
Corporativo
Governo Brasil
Imprensa latina
Vip
Ferramentas
Distribuidor
Monitor
Prêmios
Serviços
Mailing avulso
Job
Facilidades
Saídas
Minha conta