Home Institucional Produtos e Serviços Estatísticas Newsletter Fale Conosco
Central de Atendimento: (11) 3341-2800
Login
Senha
Esqueci minha senha
Leitura de conteúdo
Pautas | Estratégia Ketchum | 15/05/2019 13:34:50 | 110 Acessos
BBMe - BlackBerry Messenger Enterprise: Mantendo um círculo de confiança - Por Campbell Murray *

Com as recentes notícias sobre outra vulnerabilidade que afetou um aplicativo tão popular como o WhatsApp, é hora de nos perguntarmos: Com todos os diferentes métodos que usamos para nos comunicar com o trabalho, amigos e família, em quais aplicativos de mensagens podemos realmente confiar?

O WhatsApp corrigiu a falha na qual uma vulnerabilidade de estouro de buffer "permitia a execução remota de código através de uma série especialmente criada de pacotes SRTCP enviados para um número de telefone de destino". Basicamente, uma exploração dessa vulnerabilidade poderia permitir que alguém maliciosamente ligasse para um número aleatório do WhatsApp e instalasse um spyware no telefone da vítima.

Qualquer aplicativo que trabalhe sob a premissa de aceitar e agir sobre dados de fontes desconhecidas e não confiáveis é um risco para os usuários.

Uma forma que os consumidores e empresas podem usar para se proteger desses tipos de ataques é manter um “círculo de confiança” fechado. Isso é algo que a plataforma de mensagens criptografadas de ponta a ponta da BlackBerry oferece. Com o BBMe, indivíduos e administradores de TI controlam com quem se comunicam e como um convite deve ser aceito antes que uma mensagem ou chamada seja enviada ou recebida. As empresas também podem exigir que todos os novos contatos forneçam prova manual de identidade antes que qualquer comunicação possa ocorrer.

Além disso, como a BlackBerry não gera receita com dados, o BBMe não solicita um número de telefone, não sugere contatos para os usuários nem deseja saber de onde os usuários estão enviando mensagens ou o que está sendo compartilhado. É privado, seguro, atende aos padrões normativos e oferece total controle sobre os dados dos usuários e com quem se comunicam.

O que isso significa para as empresas

As empresas devem garantir que os funcionários estejam compartilhando dados confidenciais de maneira segura pelos canais corretos e que possuam controles para se proteger contra pessoas mal-intencionadas que obtêm acesso a esses dados por meio de aplicativos vulneráveis.

À medida que a digitalização da força de trabalho ganhou ritmo, vimos um aumento rápido no uso de aplicativos em ambientes empresariais e do setor público. No ano passado, o Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido (NHS) até relaxou as regras sobre o uso de aplicativos de mensagens, permitindo que médicos e outros profissionais de saúde compartilhassem informações de identificação pessoal de pacientes pelo WhatsApp e ferramentas similares.

Como cidadãos, devemos esperar que a segurança de nossas informações privadas de saúde e financeiras sejam mantidas em um padrão mais elevado.

A Internet das Coisas precisa ser construída sobre confiança

Os benefícios de estarmos cada vez mais conectados são vastos e as possibilidades variam de dispositivos conectados, tornando nossas casas mais confortáveis, a pagamentos contactless para transações financeiras rápidas. Ou até mesmo dispositivos de saúde mais inteligentes, acionados por dados, oferecendo níveis de atendimento mais personalizados. No entanto, sem confiança, a promessa da IoT não será realizada.

Há muito tempo reconhecemos que a confiança é construída sobre três pilares: segurança, privacidade e controle. Por isso permitimos que as organizações incorporem recursos de comunicações seguras em aplicativos com o BlackBerry Spark Communications Services ou fornecemos recursos de mensagens BBMe criptografados de ponta a ponta.

Infelizmente, falhas como a que atingiu o WhatsApp acontecerão novamente, por isso as empresas e os consumidores precisam se perguntar: Quanto vale a minha privacidade? Eu e as empresas que coletam e armazenam minhas informações estamos fazendo tudo o que podemos para protegê-las?

(*) Campbell Murray é Diretor Técnico de Cyber Segurança da BlackBerry Cylance

 

Compartilhar
Sala de imprensa Estratégia Ketchum
Empresa ESTRATEGIA ASSESSORIA DE COM. LTDA
Contato Marcos Coelho
E-mail marcas2@ketchum.com.br Fone (11) 50908900
Editoria (s) Ciência/Tecnologia
"A Maxpress publica pautas e notas de clientes a quem cabe toda e qualquer responsabilidade pelas informações nelas contidas, e pelos direitos eventuais de autoria e de imagem."
Não há Conteúdos relacionados.
RENATO FARMACÊUTICO PARANAENSES AUTOMAÇÃO MUNDIAL MOVIMENTO
PARTICIPAM CLIMÁTICAS UNEM MUDANÇAS DADOS Gonçalves
MELHORAR INDUSTRIAL SETOR JOVENS FILHO coletes
GOVERNANÇA
busca avançada
Banner Jornal da Usp
MAXPRESS
MAXETRON
Serviços de Tecnologia
e Informações LTDA
Copyright© 2010 Maxetron.
Todos os direitos reservados.
All rights reserved
Política de Privacidade
Portal Maxpress
Grupos editoriais
Arte e Lazer
Feminino e Masculino
Ciência e Ambiente
Geral
Comunicação
Nacional e Mundo
Economia e Finanças
Saúde
Empresas
Transportes
Esportes
Turismo
Portais
Institucional
Produtos e Serviços
Anúncio de banner
Contato
Fale conosco
MaxPR
Públicos
Imprensa Brasil
Corporativo
Governo Brasil
Imprensa latina
Vip
Ferramentas
Distribuidor
Monitor
Prêmios
Serviços
Mailing avulso
Job
Facilidades
Saídas
Minha conta