Home Institucional Produtos e Serviços Estatísticas Newsletter Fale Conosco
Central de Atendimento: (11) 3341-2800
Login
Senha
Esqueci minha senha
Leitura de conteúdo
Pautas | TST - Tribunal Superior do Trabalho | 20/05/2019 09:10:57 | 83 Acessos
Membro da Cipa perde estabilidade com o fim de obra de instalação energética
Visualizar imagem
O término da obra equivale ao encerramento do estabelecimento comercial.

A Oitava Turma do Tribunal Superior do Trabalho excluiu da condenação imposta à Concretizar Construtora de Obras Ltda. o pagamento da indenização substitutiva referente à estabilidade de um carpinteiro que integrava a Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa). A Turma seguiu o entendimento de que o término da obra equivale ao encerramento do estabelecimento empresarial.

Eleição

Na reclamação trabalhista, o carpinteiro disse que prestava serviços para a Concretizar, na construção das instalações da Xavantina Energética S.A., no município de Xanxerê, interior de Santa Catarina. Ele foi admitido em junho de 2014, eleito membro da Cipa em agosto do mesmo ano e demitido em agosto de 2015. O pedido era de reintegração ao emprego ou o pagamento da indenização substitutiva, por considerar ilegal a dispensa ocorrida quando era membro da Cipa.

Condenação

A empresa foi condenada pelo juízo de primeiro grau ao pagamento da indenização substitutiva, e a sentença foi mantida pelo Tribunal Regional do Trabalho da 12ª Região (SC). Segundo o depoimento do preposto da empresa, quando a obra de Xanxerê terminou, a empresa começou nova obra em Itá e transferiu alguns empregados administrativos para lá, entre eles outro membro da Cipa.

Para o Tribunal Regional, as atividades da empresa continuaram normalmente após o encerramento da obra em que trabalhava o empregado, e essa situação não se equipara à extinção do estabelecimento comercial, que possibilitaria a manutenção do vínculo de emprego.

Dispensa legítima

No recurso ao TST, a construtora sustentou a legitimidade da dispensa do empregado em decorrência do encerramento da prestação de serviços. Segundo sua argumentação, o estabelecimento, local em que o empregado trabalhava na construção de uma pequena central energética, foi extinto.   

Decisão

A relatora do recurso, ministra Maria Cristina Peduzzi, assinalou que, de acordo com o item II da Súmula 339 do TST, no caso de extinção do estabelecimento, não se verifica a despedida arbitrária e, portanto, não é possível a reintegração, nem devida indenização. E, nesse sentido, o entendimento do Tribunal é de que o término da obra equivale ao encerramento do estabelecimento empresarial.

A decisão foi unânime.

Processo: RR-204-52.2016.5.12.0025

O TST possui oito Turmas, cada uma composta de três ministros, com a atribuição de analisar recursos de revista, agravos, agravos de instrumento, agravos regimentais e recursos ordinários em ação cautelar. Das decisões das Turmas, a parte ainda pode, em alguns casos, recorrer à Subseção I Especializada em Dissídios Individuais (SBDI-1).
Esta matéria tem cunho meramente informativo.
Permitida a reprodução mediante citação da fonte.
Secretaria de Comunicação Social
Tribunal Superior do Trabalho
Tel. (61) 3043-4907
secom@tst.jus.br
Compartilhar
Sala de imprensa TST - Tribunal Superior do Trabalho
Empresa TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO
Contato Secretaria de Comunicação Social do TST
E-mail secom@tst.jus.br Fone (61) 30434907
Editoria (s) Empresas, Trabalho, Jurídica
"A Maxpress publica pautas e notas de clientes a quem cabe toda e qualquer responsabilidade pelas informações nelas contidas, e pelos direitos eventuais de autoria e de imagem."
Não há Conteúdos relacionados.
AGÊNCIA PREPARAR MINEIRA PROGRAMA Protagonismo SOFITEL
PROCESSOS MELO TECNOLOGIA JOVEM Sutton ITINERANTE
DESENVOLVER BRIDGESTONE DIFERENÇAS AÇÃO turnos FINAIS
GARANTE SOM BASQUETE MILHÕES Duratex FRANCÊS
MESES ATP PACIENTE SUL contadoras ALUNA
PROGRAMAÇÃO LIMA ANA PRIVILEGIA terremotos VAGA
ASSINAM CAMPOS CRIMINAIS JORNADA Airbnb CORRIDAS
ALUNOS UBERABA ADVOGADO EDIÇÃO anfitriões JEITO
MELHORAR REÚNE DEEP ESTUDANTES EBC ESPECIALIZAÇÃO
PRINCIPAIS RUMO GARRIDO BRASILEIRA Paralímpicos VIVER
EVENTOS SUCESSO COLETIVO PAULA crescemos INSCRIÇÕES
MARCELO LONDRINA ANDY CRESCE Aprendemos LUGAR
PAÍSES ALIANÇAS APROXIMA FERIADO maquinista DIGITAL
PRÓXIMA ESTRATÉGICAS MARISTA ANIVERSÁRIO antecedentes DIREITO
INSTALAÇÕES ROTINA MURRAY BRASIL Concursado DOIS
INCENTIVA ÍCONE RIBEIRÃO BIODIESEL Mak CINEMA
BOLSA MALHA BH ATLETAS Eastbourne JUVENTUDE
ALCANÇA DESAFIOS DONA ATLETA alternava MEDICINA
MIAMI EXIGÊNCIA DISCRIMINAÇÃO JOGOS egocentrismo COLÉGIO
ENEM EXTRAS SAÚDE LADO Cabrales MOSTRA
SINGULAR DRYWALL AMADEU CONSTRUÇÃO inicia ESPECIAL
MUNICIPAL CORPUS PALESTRA ALMEIDA homenagem VESTIBULAR
RECEBER JORDÃO EMPRESARIAL OLÍMPICOS PROMOVE FACULDADE
SEIS UFF SHOPPING HORAS SESC DRUGOVICH
PRODUTIVIDADE SELECIONADO HISTÓRIAS CERTIDÃO CONQUISTA UEPG
COMPETIÇÕES RIDE MARIA SELEÇÃO ABRE sátiros
ESPORTIVAS CHRISTI QUATRO BEM-ESTAR AJUDA hálitos
EXTRA SETOR FEIRINHA RENDA FÓRMULA fétidos
ACISA NBA SEMINÁRIO TRANSPORTE HÓSPEDES "Nueva
GASTRONOMIA CONVOCAM JOVENS INVERNO CONVIDA Mirada"
CADA CANDIDATO EMPREGO ALÉM FRANÇA INTERNACIONAL
GERALDO JOGA CHEGA PAULO FIA SEMANA
CONSEGUE BOTUCATU TÓQUIO TEMPORADA FELIPE CURSO
USUÁRIOS LUCINHA PRETO revela SEQÜÊNCIA FESTIVAL
SÉTIMA CASCAVEL gratuito focados INFÂNCIA
busca avançada
Banner Jornal da Usp
MAXPRESS
MAXETRON
Serviços de Tecnologia
e Informações LTDA
Copyright© 2010 Maxetron.
Todos os direitos reservados.
All rights reserved
Política de Privacidade
Portal Maxpress
Grupos editoriais
Arte e Lazer
Feminino e Masculino
Ciência e Ambiente
Geral
Comunicação
Nacional e Mundo
Economia e Finanças
Saúde
Empresas
Transportes
Esportes
Turismo
Portais
Institucional
Produtos e Serviços
Anúncio de banner
Contato
Fale conosco
MaxPR
Públicos
Imprensa Brasil
Corporativo
Governo Brasil
Imprensa latina
Vip
Ferramentas
Distribuidor
Monitor
Prêmios
Serviços
Mailing avulso
Job
Facilidades
Saídas
Minha conta