Home Institucional Produtos e Serviços Estatísticas Newsletter Fale Conosco
Central de Atendimento: (11) 3341-2800
Login
Senha
Esqueci minha senha
Leitura de conteúdo
Pautas | Jornal da USP | 12/06/2019 09:08:28 | 105 Acessos
Guia orienta pais sobre alimentações de bebês com fissura labiopalatina
Material produzido por profissionais do Centrinho da USP está disponível gratuitamente na internet

A fissura labiopalatina é a condição congênita mais comum entre as malformações que afetam a face do ser humano. Relacionada a uma combinação de fatores genéticos e ambientais, ela pode ser desde uma pequena cicatriz labial até fissuras complexas capazes de provocar alterações na fala.

Segundo a fonoaudióloga Rosana Prado de Oliveira, uma das maiores preocupações de pais, cuidadores e mesmo profissionais das maternidades é a alimentação dos bebês que nascem com essa condição. Por isso, o Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC/Centrinho) da USP em Bauru desenvolveu um guia on-line com orientações para minimizar as dificuldades alimentares dessas crianças.

Rosana é uma das autoras do material, que contou também com a participação de outros profissionais de fonoaudiologia e pediatria do Centrinho e de outras instituições especializadas. Administração alimentar no recém-nascido com fissura labiopalatina já está disponível gratuitamente para qualquer interessado.

Adaptações e estratégias

De acordo com Rosana, recém-nascidos com fissura labiopalatina podem apresentar dificuldades de sucção, deglutição excessiva de ar, refluxo de leite pelo nariz e fadiga durante o aleitamento, o que pode resultar na redução da quantidade ingerida e, consequentemente, em problemas de nutrição e crescimento.

“É perfeitamente possível, contudo, utilizar estratégias facilitadoras para alimentar o bebê com fissura de forma segura e adequada”, explica a fonoaudióloga. “É justamente isso que este guia vem detalhar, mostrando, em linguagem acessível, formas convencionais e alternativas de aleitamento, como a amamentação direta no seio materno, as adaptações posturais, o auxílio de minimamadeiras também conhecidas como ‘chuquinhas’, ou ainda mamadeira com um bico macio e furo que permita o gotejamento”.

As recomendações contidas no guia são específicas para recém-nascidos com fissura isolada de lábio e/ou palato, isto é, sem outros comprometimentos ou malformações associadas.

Do Centrinho, também participaram da elaboração do guia Jeniffer de Cássia Rillo Dutka, do Departamento de Fonoaudiologia da Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB) da USP e do Programa de Pós-Graduação do HRAC, e Hilton Coimbra Borgo, pediatra e chefe técnico do Departamento Hospitalar do Centrinho. Colaboraram ainda, de outras instituições, as fonoaudiólogas Ana Paula Bautzer, Camila Di Ninno, Daniela Barbosa, Eliana Midori Hanayama, Iracema Rocha, Italita Gomes Weyand, Lidia D’Agostino, Nídia Zambrana, Regianne Weitzberg, Rejane Gutierrez, Vera Cerruti e Zelita Guedes, e a pediatra Tatiane Selbach.

Reabilitação

A fissura labiopalatina é o comprometimento da fusão dos processos faciais durante a gestação. Ela pode ocorrer de forma isolada, estar associada a outras malformações ou ainda fazer parte de um quadro sindrômico. No Brasil, ela ocorre em uma a cada 650 crianças nascidas, considerando-se apenas pacientes com fissura isolada de lábio e/ou palato.

O tratamento é um processo longo que envolve a atuação de equipe interdisciplinar, das áreas de cirurgia plástica, odontologia, fonoaudiologia, entre outras especialidades da saúde, todas indispensáveis à reabilitação. Inicia-se desde o nascimento, seguindo durante o período de desenvolvimento e, dependendo do acometimento, até a fase adulta, com cirurgias e acompanhamento clínico.

O Centrinho é um hospital especializado na reabilitação de fissuras labiopalatinas, anomalias congênitas do crânio e da face e deficiências auditivas que oferece tratamento integral e multidisciplinar, dedicando 100% de sua capacidade instalada a usuários do Sistema Único de Saúde (SUS).

 

Compartilhar
Sala de imprensa Jornal da USP
Empresa Jornal da USP
Contato Marcia Blasques
E-mail mblasques@usp.br Fone (11) 30913080
Editoria (s) Social, Serviços, Saúde
"A Maxpress publica pautas e notas de clientes a quem cabe toda e qualquer responsabilidade pelas informações nelas contidas, e pelos direitos eventuais de autoria e de imagem."
Não há Conteúdos relacionados.
modelo FRANCHISING ALOE FAST DAILUS antiatrito
atenção CHAMA MÃOS MUNDIAL ATRAÇÃO anticalo
PREVENÇÃO VERA SABOR MAÇÃ DENTAL CREME
APRESENTADO AÇAÍ HARMONIZAR BRASILEIRA NEGÓCIO IBCC
ACADEMIA TÍPICAS CONHEÇA VERDE INTERNACIONAL
SOCIEDADE ABF NATURAL ALTERNATIVAS CERVEJEIRO FESTA
IDOSOS VIRTUAL SAUDÁVEIS LINHA Alteradas CONGRESSO
CERVEJA DESCUBRA EXPO FEIRA Curaprox APRESENTA
ENVELHECIMENTO FORMULAÇÃO DESTAQUE ARRAIÁ Vegano MARCA
PROCESSO PRATOS REALIDADE MEIO drone JUNINA
EFEITOS QUEDAS PRESENTE GERIATRIA Improta IDENTIDADE
ESTRUTURAS TÍPICOS COMIDAS GERONTOLOGIA Lore BELEZA
COSMÉTICO FACE DIA TENDÊNCIAS
busca avançada
Banner Jornal da Usp
MAXPRESS
MAXETRON
Serviços de Tecnologia
e Informações LTDA
Copyright© 2010 Maxetron.
Todos os direitos reservados.
All rights reserved
Política de Privacidade
Portal Maxpress
Grupos editoriais
Arte e Lazer
Feminino e Masculino
Ciência e Ambiente
Geral
Comunicação
Nacional e Mundo
Economia e Finanças
Saúde
Empresas
Transportes
Esportes
Turismo
Portais
Institucional
Produtos e Serviços
Anúncio de banner
Contato
Fale conosco
MaxPR
Públicos
Imprensa Brasil
Corporativo
Governo Brasil
Imprensa latina
Vip
Ferramentas
Distribuidor
Monitor
Prêmios
Serviços
Mailing avulso
Job
Facilidades
Saídas
Minha conta