Ian Schrager e a Marriott International reinventam o complexo turístico urbano para o século XXI
Edition Miami Pub
Edition Miami Pub

Buenos Aires – 20 de janeiro de 2015 – Há um momento especial que chega na vida de uma cidade. Com a chegada de um novo projeto ou urbanização, as forças que estiveram confluindo durante vários anos, de repente se tornam claras, e a cidade como um todo é impulsionada para um novo lugar, para uma nova etapa de crescimento, para um novo lugar no cenário mundial.

Para Miami, esse momento chegou. Com a inauguração de Miami Beach EDITION, um espetacular complexo turístico urbano da próxima geração, pensado por Ian Schrager associado à Marriott International, a cidade não ganha apenas um complexo único defronte ao mar, desenhado para o lazer do século XXI, para socializar, fazer contatos e negócios, também dá seu seguinte grande salto ao futuro.

Em muitos sentidos, o novo EDITION representa o passo adiante mais importante para a cidade, desde que o último hotel de Schrager em Miami, o Delano, abriu suas portas em 1992 e mudou tudo. "Até então, não se havia construído um hotel em Miami Beach em quase 40 anos", recorda Schrager. Durante várias décadas, a grandiosa cidade balneária de mediados do século XX e seus hotéis caíram no estancamento e no declínio, quando a era do jato permitiu aos norte-americanos irem para a Europa ou para o Caribe de férias, em vez de ir ao seu velho local na Florida. Mas a princípios da década de 1990, Schrager advertiu que algo novo e emocionante estava emergindo nas históricas ruas da Art Deco de South Beach: uma nova população e uma nova classe de energia cultural. Baseando-se nessa percepção, criou o Delano, e de repente Miami Beach estava de novo no mapa, com o avançado desenho e o ambiente elegante do hotel atraindo viajantes sofisticados outra vez à cidade, pela primeira vez em uma geração. "Os elementos fundamentais sempre estiveram ali: o oceano, a praia, o clima, os vôos freqüentes", assinala Schrager. “Tudo o que se devia fazer, pareceu-me, foi criar algo especial e cômodo; foi um exemplo de “se você construir, as pessoas virão”. "Ian Schrager redefinirá o destino uma vez mais, com a abertura do Miami Beach EDITION e uma experiência única no gênero que somente ele poderia criar". – Arne M. Sorenson, presidente e diretor executivo (CEO) da Marriott International.

Duas décadas mais tarde, o Miami Beach EDITION representa o próximo grande evento seminal na vida da cidade. Como seu predecessor, é construído baseando-se na compreensão das profundas mudanças e giros que transformaram Miami nos anos transcorridos desde que o Delano abriu suas portas. Miami, que já não é um refúgio para pessoas em busca de um lugar para fugir do inverno, ou um lugar, como disse Lenny Bruce, “onde o néon vai para morrer”, tem emergido nas últimas duas décadas como uma capital de categoria mundial, uma cidade de conexão com atividades durante as 24 horas e cujos cenários culturais —na arte, na arquitetura, na música, na moda, na gastronomia, no design— agora rivalizam com qualquer dos centros urbanos do mundo, e atraem pessoas de todos os cantos do planeta. O explosivo crescimento do Art Basel Miami converteu a cidade em um ponto focal do mundo da arte internacional. Enquanto isso acontece, o auge de novas áreas de grande animação como o corredor Biscayne Alameda, Wynwood, o Distrito do Design —junto ao próprio downtown de Miami— outorgaram-lhe essa classe de distritos renascentes, buliçosos e criativos que cidades como Nova Iorque, Los Angeles, Paris e Londres desfrutam há tempos.

Sobretudo, um movimento tectônico está colocando Miami na base da cultura do século XXI, enquanto a antiga primazia cultural deste costa e da oeste, criada em parte pelos laços com a Europa e a Ásia, respectivamente, agora está complementada pelo surgimento de uma terceira grande “costa” olhando o sul, e energizada pelos vínculos com as vibrantes energias da América Latina — na música, na moda, na arte, no design, na gastronomia, no entretenimento— energias que se canalizam através de Miami como em nenhum outro lugar, e que a convertem em uma nova classe de capital internacional. “O velho modelo cultural ‘de duas costas’”, assinala Schrager, “na verdade agora é mais de ‘três costas’: uma espécie de triângulo dourado de Nova Iorque, Los Angeles y Miami”. A chegada do novo EDITION, como o Delano há duas décadas, ratificará a nova estatura da cidade e, ao mesmo tempo, impulsionará sua evolução ainda mais.

"Há milhares de hotéis boutique; alguns são bons, outros não são tão bons, mas todos repetem o que Steve [Rubell] e eu fizemos. Isto é outra coisa, um passo à frente. É uma nova classe de lugar: é o complexo turístico urbano da próxima geração, e o hotel de negócios e de estilo de vida da próxima geração. Não existe nada assim na praia, ou em qualquer outro lugar" acrescentou Ian Schrager.

Localizado na área de Mid-Beach —o “coração histórico de Miami Beach” entre South Beach e North Beach— em um encrave privado de três acres e meio que se estende desde a Avenida Collins até a beira do mar, o Miami Beach EDITION não é simplesmente um hotel, e sim um complexo de estruturas, espaços e ambientes elegantemente desenhados e intrincadamente entrelaçados que, juntos, oferecem uma nova classe de ambiente de complexo turístico, onde cada aspecto do hotel tradicional de praia foi imaginado para as necessidades e os desejos de uma nova geração, e pensado cuidadosamente para melhorar a estada do hóspede: para passar umas férias, para relaxar, e para trabalhar.

Sem dúvida, o Miami Beach EDITION é o primeiro hotel e complexo turístico que encarna uma revolução do estilo de vida que acaba de começar a se sentir no mundo da hotelaria. Para uma nova geração de homens e mulheres de negócios, a era do escritório tradicional está chegando ao fim. Os empresários, o pessoal criativo e os profissionais de hoje têm pouco interesse em trabalhar em um ambiente corporativo formal ou tradicional; em vez disso, querem trabalhar em lugares com comodidade e estilo, e interação humana,. Lugares onde possam se sentir completamente em casa, totalmente conectados, e ser parte de uma experiência maior. Também não sentem nenhuma necessidade de isolar seu trabalho do resto de suas vidas, e, graças ao poder e à capacidade de conexão universal de seus computadores portáteis, podem realizar negócios, virtualmente, desde qualquer lugar.

Várias sedes pequenas, a maioria delas ao serviço do mundo tecnológico do Pacífico Noroeste, começaram a reconhecer isto, mas o Miami Beach EDITION levará esta idéia a um nível totalmente novo, o primeiro que não só integrará no seu próprio design esta nova dinâmica de trabalhar, fazer contatos e socializar, este desaparecimento dos limites entre o trabalho e a recreação, mas também o primeiro em combiná-la com a elevada experiência e um nível superior de conforto, conveniência e detalhes que esperam os clientes mais sofisticados. E, é obvio, será o primeiro em oferecer tudo isto em um hotel e complexo turístico, situado em um dos melhores ambientes frente ao mar de todo o mundo.

“Estamos repensando a relação entre um complexo turístico e uma pessoa de negócios”, diz Schrager, “E estamos dizendo que o hóspede poderá vir aqui para fazer negócios, mas, ao mesmo tempo, por que não deveria ter a possibilidade de se divertir e desfrutar da vida enquanto trabalha, se relaciona, e se reúne com muitas pessoas em uma nova classe de espaço que é quase uma espécie de clube de negócios".

"O enfoque sofisticado do luxo moderno com elementos de design, culinários e de entretenimento tão próprios de Ian Schrager, combinados com a conhecida cultura de serviço e operação da Marriott, é o que faz do EDITION uma das marcas mais interessantes do setor. A experiência que fomos capazes de criar conjuntamente com o EDITION —começando em Londres e agora em Miami— entusiasma a uma nova geração de viajantes. O futuro é brilhante para o EDITION, e estamos maravilhados ao apresentar um projeto tão impressionante e extraordinário em Miami Beach". - Arne M. Sorenson.

Dois objetivos gerais caracterizam o conceito e o programa do Miami Beach EDITION. O primeiro é um “centro integral de compras”, que proporciona tudo o que um hóspede poderia imaginar —restaurantes, vida noturna, contatos sociais, recreação, cultura, trabalho e espaço de reuniões— no complexo. Uma vez ali, em outras palavras, as pessoas não têm motivos para ir embora. (No entanto, não faz falta dizer que uma das grandes atrações do EDITION é que ele oferece mais além de suas paredes toda a paisagem metropolitana de Miami, um lugar verdadeiramente ativo as 24 horas, cuja miríade de ofertas supera com acréscimo as de muitas áreas turísticas e, sem dúvida, a de muitas outras cidades.)

O outro objetivo é usar e melhorar as mais profundas tradições de glamour e sofisticação de um dos melhores destinos turísticos do mundo: o Miami Beach da pós-guerra, ou a “Faixa de Areia de um Milhão de Dólares”, como era conhecida na década de 1950. O EDITION é uma renovação elegante e cuidadosa do histórico hotel Seville, construído em 1955 pelo arquiteto Melvin Grossman —cujo desenho de “torre em um pedestal” representou um passo fundamental na evolução da arquitetura hoteleira do “Miami Moderno”—. Não apenas preserva grande parte do elemento histórico, mas também evoca no seu interior o espírito de elegância tropical que definiu o mais grandioso de Miami.

Isto será evidente desde o momento em que os hóspedes entrem ao vestíbulo do hotel, cujos antigos pisos de mármore branco e suas paredes de gesso veneziano ou polimento branco pérola, acentuados com sutis tons variados de ouro e verde escuro das palmeiras do interior trarão para as suas mentes lugares icônicos de reunião como o mundialmente famoso Coconut Grove da época dourada de Hollywood. É um dos poucos vestíbulos de hotel em Miami Beach que oferece uma vista do oceano. O espírito do espaço, como o próprio hotel, pode ser resumido como “chique com os pés descalços” ou “novo tropical”: um sentido de elegância informal que se adapta bem ao ar quente e às brisas suaves que vêm do mar, junto com certa sensação de glamour informal. “Podemos ver pessoas com roupa de golfe, em traje de banho, em roupa para Pilates, com traje formal ou de jeans”, assinala Schrager, “todos cômodos, todos sendo eles mesmos, todos conectados por certa sensibilidade”.

Pleno de uma variedade de arranjos, de assentos cômodos e salões íntimos, o vestíbulo encarnará o espírito da próxima geração do EDITION, um lugar onde as fronteiras entre o trabalho e a recreação, socializar e fazer contatos de negócios se esfumam. Um casal desfrutando de um momento romântico, uma família de férias, pessoas de negócios reunidas em uma sessão de trabalho informal, um empresário dando os toques finais a um plano de marketing, uma modelo entrevistada por um diretor de arte, tudo estará acontecendo ao mesmo tempo, no mesmo grande salão, tudo envolvido pela discreta decoração e as grandiosas proporções da arquitetura histórica do hotel.

Justo ao sair do vestíbulo, os hóspedes encontrarão o Mercado, uma imaginativa reinvenção da clássica cafeteria de Miami Beach aberta as 24 horas, pelo chef estelar do Michelin, Jean-Georges Vongerichten. Com sua própria entrada da rua na Avenida Collins e inspirada pelos grandes mercados centenários de San Miguel em Madrid y La Boquería em Barcelona, este bazar de comidas do século XXI —parte pâtisserie, parte boulangerie, parte comida rápida gourmet informal de próxima geração, funciona durante 24 horas em uma série de balcões cheios de atividade, um café ao ar livre (com vista para a avenida), e uma área para solicitar refeições prontas; uma tentadora variedade saudável da cozinha internacional —pizza, panini, produtos assados, ceviche e tapas, batidos e sorvetes— é encontrada nos seus menus que alternam constantemente. “Justo como as excelentes cafeterias antigas na Avenida Collins”, observa Schrager, “é um lugar que pode ser sua primeira parada do dia, e sua última parada da noite”.

Enquanto isso, ao lado do hotel de frente para a praia, dois elegantes espaços interiores evocarão a elegância e a sofisticação do Miami Beach clássico: o Ocean Bar, um bar chique, elegantemente desenhado, cujas largas paredes de cristal possuem vista ao Atlântico, e o Matador Room, o principal restaurante do hotel, um glamoroso espaço de grandes proporções, de forma oval, que recorda toda a emoção do apogeu de Miami Beach (a classe de lugar, diz Schrager, onde “as pessoas esperariam ver Fred Astaire e Ginger Rogers dançando uma valsa”), onde Jean-Georges criará uma interpretação moderna da cozinha latina, influenciada por sabores espanhóis, caribenhos e sul-americanos. O menu de temporada, composto por pratos pequenos e grandes, utilizará uma grande variedade dos ingredientes mais frescos da Florida.

Estes salões, por sua vez, estarão enlaçados com a extraordinária área balneária exterior do hotel, chamada “Tropicale” em honra ao histórico cabaré da Havana da década de 1950, o Tropicana, que lhe serve de inspiração. Obra de Madison Cox, uma série de “salões” ajardinados ao ar livre, cada um com sua própria personalidade, oferecerão aos hóspedes distintos tipos de experiências no transcurso do dia, mas estarão enlaçados mutuamente para criar um ambiente único de relaxamento, que se transforma ao cair da noite em um mágico clube noturno ao ar livre, onde os casais podem dançar sob as estrelas enquanto a lua se eleva sobre o mar. Os hóspedes podem desfrutar de uma bebida sob uma romântica pérgula, ou sentar-se no Terrace Bar, com vista à área da piscina, ou caminhar um pouco —passando uma segunda piscina ainda maior com uma área ajardinada— para encontrar uma praia privada, com uma tela de cinema ao ar livre (como um "cinema drive in", assinala Schrager, "mas sem os carros"), uma fogueira no exterior, e uma vila de bangalôs privados— tudo arrumado em uma paisagem bucólica exuberante cujas atrativas árvores, grama e outras plantas dão mais a sensação de um jardim botânico do que de um hotel convencional. Um belo descobrimento será um “Hot Shoppe” autônomo que servirá deliciosos e saudáveis canapés e vitaminas, uma comemoração ao original local de cerveja de raízes A&W em Washington D.C., fundado por J. Willard y Alice Marriott em 1927, a partir do qual surgiram os Hot Shoppes, e com o tempo, o vasto Marriott International de hoje.

A visão de um hotel e complexo turístico da próxima geração que é também um hotel de negócios —percebido em todas as partes, do vestíbulo às habitações— alcança o seu ponto maior no Foro, uma instalação de 10.000 pés quadrados (entre as maiores de seu tipo em Miami Beach) que redefine o tradicional centro de conferências e espaço para eventos. O Foro, acessível do vestíbulo e com uma entrada própria na Avenida Collins, possui um grande salão de recepção iluminado pela luz natural do dia e um espaço ajardinado para eventos no exterior. Juntos criam uma espécie de "parque cultural" interior e exterior, com aberturas de galerias, exposições de arte, festivais de cinema e programas culturais, não apenas durante o Miami Art Basel, mas durante o ano todo, junto com um salão de baile desenhado em estilo contemporâneo que evita as lâmpadas de teto ornamentadas e o típico mobiliário do espaço de conferências. Espaços elegantes para reuniões, inteligentemente desenhados e providos com avançados equipamentos audiovisuais, de projeção, de teleconferência e de interconexão, serão a sede de lançamentos de produtos, eventos da mídia, conferências acadêmicas, retiros corporativos e muito mais.

No térreo, de noite —e até bem tarde— os hóspedes do hotel e os visitantes (que podem chegar da rua por uma entrada independente) podem encontrar outro mundo distinto: uma nova classe de centro de entretenimento multidimensional —“uma espécie de zona vermelha, mas legal”, diz Schrager, “para as pessoas de coração selvagem”— que marca uma nova pauta e que já é (com Ibiza) uma das maiores capitais da vida noturna do mundo. Aqui os hóspedes poderão escolher entre uma série de deslumbrantes ambientes, para experimentar um de cada vez, ou juntos durante a noite. No seu coração há um seleto e elegante “micro-clube”: uma versão sexy e moderna do legendário Studio 54 de Schrager, com discotecário de categoria mundial, uma pista de baile e sistemas de iluminação e som, com a qualidade de um estudo de gravação (comandado por Patrick Woodroffe, desenhista de filmes e concertos para Michael Jackson, Lady Gaga, Beyoncé e Rolling Stones) que transportarão os clientes em formas nunca antes experimentadas. ("Isto continua onde o Studio parou", diz Schrager, “um motim visual, sensorialmente sobrecarregado, um clube de baile verdadeiramente sério.”) Continuando com a aventura, os hóspedes podem calçar sapatos personalizados (por artistas famosos) para visitar o boliche e o bar, redefinidos com som, iluminação, bolas luminescentes e ligas de boliche à meia-noite em um lugar de espetáculos do século XXI, contatos sociais e diversão. E mais adiante, uma vista realmente assombrosa, quase de Alicia no País das Maravilhas: uma pista de patinação no gelo com teto, com os patinadores deslizando-se ao ritmo de um magnífico sistema de som, e uma superfície de gelo convertida no tecido de espetaculares efeitos luminosos, com amplas janelas à rua oferecendo uma paisagem surrealista, quase de Dalí, para os que nas tardes cálidas passam de carro, ou caminhando pela Avenida Collins.

Todo hotel de luxo, é claro, finalmente é julgado por suas habitações e pelo serviço prestado. As habitações e as suítes do Miami Beach EDITION serão luxuosas, segundo todos os pontos de vista: generosas e elegantes em design, com acabamento em madeira cálida, e uma sensação relaxante de casa na praia oferecendo um “refúgio”, conforme diz Schrager, com “tudo o que você precisa e tudo o que deseja”. Encarnando sua profunda convicção de que “a simplicidade é o verdadeiro luxo”, as habitações também cumprirão com a missão do hotel de se converter em um lugar onde o lazer e o trabalho podem se mesclar em um todo confortável, com detalhes—como os escritórios de grande tamanho, os assentos ergonômicos e a iluminação sofisticada— que servem perfeitamente como micro espaços de trabalho e também como lugar de descanso.

Esse enfoque contemporâneo do luxo, por sua vez, inspirará o extraordinário serviço do hotel, que oferece toda a atenção personalizada que alguém pode desejar em um hotel de luxo, mas de uma forma amistosa, despretensiosa e moderna, com treinamento e eficiência excelentes, mas sem os galões dourados nem formalidades obsequiosas.

Afinal de contas, poucas pessoas têm feito mais para colocar Miami Beach na vanguarda da cultura mundial do que Ian Schrager, cujo hotel Delano captou e comprimiu a excitação de uma cidade que renascia, e a impulsionou ao futuro. Agora, associando-se com a Marriott International para o EDITION, uma vez mais reúne em um só e extraordinário lugar as energias de um novo momento cultural para Miami e o impulsiona, oferecendo um local novo e emocionante para a cidade, ao ocupar plenamente seu lugar no cenário mundial.

Edition Miami Pub
Edition Miami Pub
Bungalows SPA
Bungalows SPA
Em 2005, Ian Schrager vendeu o Morgans Hotel Group, uma companhia que fundou, para desenvolver a Ian Schrager Company, que atualmente possui, desenvolve e administra marcas de hotéis e projetos de uso residencial e misto. Desde a fundação da companhia, Ian Schrager Company transformou o legendário Gramercy Park Hotel da cidade de Nova Iorque e criou duas propriedades residenciais inovadoras, 40 Bond e 50 do Gramercy Park North. Schrager está desenvolvendo atualmente várias novas marcas hoteleira além de uma associação com a Marriott International em uma nova marca de estilo de vida de luxo. Primeira marca de Schrager, o PUBLIC , é um novo gênero de hotel que oferece um grande valor, grande serviço e um grande estilo que estabelecerá um novo padrão na indústria. O primeiro hotel, o PUBLIC Chicago, debutou em outubro de 2011 com grande sucesso de crítica. Hotéis de edição, a associação de Ian Schrager com a Marriott International, combina experiência de alojamento pessoal, íntimo, individual e único com o que Ian Schrager é conhecido pelo alcance global, com experiência operacional e a escala da Marriott. Atualmente há hotéis EDITION em Londres, Istambul e Miami Beach, com planos para propriedades na cidade de Nova Iorque, Abu Dhabi, Nova Delhi, múltiplas cidades da China, Bangkok, West Hollywood, Paris e outras cidades do mundo inteiro.

7 Consultoría Estratégica

Laura Canepa: Lauracanepa@7consultores.com.ar
Grace Salazar: gracesalazar@7consultores.com.ar

Tel.: 5411 4328 2222 / 4328 3000

www.7consultores.com.ar